5 problemas que impactam o desempenho de Wi-Fi em ambientes densos

O tráfego de dados e vídeo em todo o mundo está crescendo a taxas de dois dígitos. Esse aumento é impulsionado por dispositivos conectados e aplicativos como de streaming de vídeo 4K, VR/AR e esportes digitais. Para aumentar ainda mais a complexidade desse ambiente, as categorias de dispositivos e aplicativos estão cada vez mais diversificadas, incluindo dispositivos IoT headless, vídeo e voz sobre Wi-Fi. Além disso, o congestionamento de pessoas, dispositivos e aplicativos que consomem muita largura de banda gera inúmeros desafios do mundo real, que a tecnologia sem fio convencional está tendo dificuldade de gerenciar, especialmente em ambientes densos. Vamos dar uma olhada em alguns destes desafios.

Wi-Fi performance

Problema 1

Antenas Wi-Fi muitas vezes irradiam sinais – como uma lâmpada irradia a luz – em todas as direções. Isto pode criar um mau uso e desperdício da energia de rádio. A solução? A tecnologia Ruckus BeamFlex+, que permite que o sistema de antena dentro de um ponto de acesso (AP) Ruckus dinamicamente perceba e otimize as configurações para o seu ambiente. O sistema da antena reforça significativamente a escala atenuando a interferência de rádio, assim como questões relacionadas ao ruído e o desempenho sem fio.

Problema 2

Todos os pontos de acesso usam “pistas” (canais de rádio) para transmitir e receber tráfego. Entretanto, uma “pista” específica pode tornar-se congestionada, deixando um AP incapaz de determinar se outras “pistas” estão livres para acomodar o tráfego sem fio. A solução? O gerenciamento dinâmico de canais Ruckus ChannelFly, que ajuda nossos APs a otimizar o desempenho sem fio dinamicamente (automaticamente), alternando um dispositivo cliente de um canal lotado para um menos congestionado. 

Problema 3

O excessivo tráfego de gerenciamento normalmente satura o espectro Wi-Fi disponível em ambientes densos de Wi-Fi. Isso resulta em conectividade reduzida e baixa taxa de transferência por cliente. A solução? A tecnologia Ruckus Airtime Descongestion, que permite que os APS respondam mais seletivamente aos clientes. Isso aumenta drasticamente a eficiência geral da rede para maior utilização do tempo de antena e oferece uma experiência muito melhor aos usuários.

Problema 4

Os APs são frequentemente sobrecarregados com uma carga de dispositivos clientes desigual em ambientes densos de rede. Essa utilização ineficiente da capacidade da rede resulta em baixa qualidade de link entre o dispositivo cliente e o AP e uma menor taxa de transferência para clientes. A solução? A Ruckus Network Capacity Utilization, que emprega técnicas de aprendizado em tempo real para associar clientes com APs que oferecem maior qualidade e capacidade de link. Esse mecanismo permite uma maior capacidade global da rede e uma maior taxa de transferência por cliente.

Problema 5

Milhares de dispositivos “transitórios” não conectados – geralmente em hubs de transporte – frequentemente criam tráfego de gerenciamento indesejado que impacta negativamente o desempenho das redes Wi-Fi. A solução? O Ruckus Transient Client Management, que mantém os níveis de taxa de transferência para clientes prioritários em ambientes de alto nível de clientes transientes, atrasando a associação do AP com clientes transitórios de baixa prioridade.

No Comments Yet

Comments are closed